tell me what

23 07 2008

Chamaram-me a atenção para os títulos de sonoridade internacional que tenho dado aos posts nos últimos tempos. Não é de propósito! Nós somos o que comemos, mas também somos o que lemos, certo? Pois então. É natural que as sínteses me ocorram em francês ou em inglês ou em português.

Quando era estudante tinha de ir para a Biblioteca Nacional já a com a lista de palavras pronta para consultar o Bluteau.

Agora ele está on-line, cómodo e completo. Siga este link, Bluteau, escolha “vocabulario portuguez”, digite a palavra procurada e dá tá. Por isso, que ninguém se atreva a dizer-me que a vida de estudante não está muito mais simples! Como vem a propósito, cá vai a definição de «arrenego» usada por Gil Vicente no texto que postei há uns dias. Tem um significado diferente daquele que lhe damos hoje em dia, tás a ver?! (clicar para ler):

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: