Postcrossing, 5 anos

14 07 2010

A brincar, a brincar o Postcrossing faz hoje 5 anos.
Nada mau, para uma comunidade planetária😉
O Ogata Tetsuo publicou no seu BoyPostGirl uma reportagem do suplemento “Fugas” do jornal Público e a crónica de Miguel Esteves Cardoso, intitulada “Feito à mão” e que reproduzo destacado a azul.
Nunca se sabe, pode ser que assim o vício se propague por algum dos visitantes do Cantinho. Aviso que é uma actividade altamente viciante…

FEITO À MÃO

Depois de ler a reportagem de Maria João Lopes sobre o Postcrossing no Fugas de ontem fiquei logo com vontade de mandar um. Pela primeira vez na vida.

Até tenho postal e tudo. Comprei-o porque me fez rir. A imagem, dos anos 60, mostra dois Fiats 127, um azul-claro e o outro creme, a atravessar a ponte sobre a ribeira de Colares. Nunca lugar tão bonito, a Várzea de Colares, foi transformado, por via fotográfica, em cenário tão desolado. Felizmente está mal identificado no verso.

Aquela fealdade é atribuída à PRAIA DAS MAÇÃS, em maiúsculas. Só por baixo, em letra muito pequena, vem o nome da freguesia, Colares. Por baixo vem a tradução francesa, Colliers e, noutra linha, a inglesa: Necklaces. Apesar de fazer parte da colecção Portugal Turístico (o logótipo é um trevo de quatro folhas), o postal foi Made in Italy. É pois aos italianos que assacamos o ultraje.

Não é assim tão mau: acabamos por nos habituarmos a morar em Necklaces.

Quando fui colar o selo, lambendo-o conforme as normas do postcrossing, reparei que está lá escrito, em cinco línguas, La postal de la amistad. A versão inglesa continua a ser a mais fraca: The friendship post card que, em português significa, com ecos maçónicos, “a amizade põe um cartão no correio”.

A ideia é a mesma. É bom escrever à mão; lamber o selo; levar o postal ao correio, sabendo que levará tempo e chegará longe por mão de outra pessoa, às mãos de outra pessoa. E que pode ser lido por quem quiser.

in Jornal Público (6.6.2010)

Hoje não sei o que vou receber, mas ontem recebi este postal da Suiça:



Ações

Information

2 responses

14 07 2010
teresa quaresma

uuuuaaaauu! Que queijos deliciosos!!! Apetece mesmo trincar.

18 07 2010
Lalage

Eu até não gosto de queijo, mas a Teresa tem razão, o postal é delicioso🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: