A sesta

17 04 2011

O cansaço acumulado ao longo de um período demasiado longo. Ouvir constantemente falar da crise.O calor fora de tempo. A alergias e seus espirros quando me atrevo a enfrentar o exterior. Sei lá… Razões várias. A única coisa que sei com certeza é que estes últimos dias têm-se-me assemelhado a uma longa sesta.
Não me apetece pensar, não me apetece reagir.
Dormir. Dormir.
Acorda, Zé!



René-Jacques,
La Siesta, circa 1960

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: