Soninho

27 10 2013

No início a Micas dormia no almofadão ou no caixotinho da Paloma. Agora que já é crescida quer a sua caminha pessoal. E escolheu um lugar no alto, ou não fosse ela uma gata. Um lugar de onde tudo controla. Perfeito. Sim, é um antigo lavatório, parecido com este da Rua dos Dias que Voam.

M4 M3 M1 M2 M





Gatos

28 05 2013

Na aula de ontem à noite o tema foi arte na segunda metade do século XX. Lá estava eu a despertar reações cada vez mais negativas a cada obra que apresentava: “mas isso é arte?”, “mas isso é mesmo arte!?!”

Uma canseira.

Até que um dos formandos me pergunta se eu gosto assim tanto de gatos. Surpreendida não percebo onde é que ele foi buscar a ideia. Género, fui apanhada pois ando mesmo fascinada por gatos, não é? Mas como é que ele sabia?! “A professora só mostra quadros com gatos!”

O inconsciente de uma pessoa é uma coisa tramada.

Jean Dubuffet, Chat Furieux – Angry Cat | lithografia, 1953 | MoMA. 

 





Pintarolas

26 05 2013

Pintarolas

Estava a chamar nomes à Micas: Pintas. Miquinhas. Pintinhas. Miriquinha. Piriquita. Pintadinha.
E ela na sua vida.
Até que eu disse Pintarolas. Aí, lançou-me um olhar fulminante e um “miu” sibilante. A sério que parecia dizer, “tudo menos isso!”

Ou então esta só a mandar-me calar. Também é possível.





bullying felino

14 10 2012

Mais um gatinho inho inho que caiu no quintal. Ele anda sempre atrás da Micas e foge da Paloma. E no entanto, é da Micas que deveria guardar distância porque ela é perigosa a valer.
Uma cena desta manhã.
Oiço uns barulhos na casa de banho e vou ver o que se passa. O niquinho estava dentro da liteira e a Micas em cima. De cada vez que ele tentava sair, ela dava uma sapatada na porta para o impedir. Ralhei com ela. Lançou-me um miu como que a avisar-me que era melhor não me meter nos assuntos dela, ou qualquer coisa assim. Só depois de lhe ralhar é que se foi embora. E a resmungar. Que má!





The cutest sneeze in the world

21 07 2012

É tão verdadeiramente assim! Eu até pedia sempre “Miquinhas, espirra outra vez!”


Carregar na imagem, ou aqui, para mais desenhos desta colecção de postais.





Gato à janela

27 06 2012

Oiço uma vozinha infantil cheia de riso:
– Mãe, olha! O gato está à janela!

Ao mesmo tempo oiço o estrondo da Micas que saltou para o chão em pânico. Decididamente esta é  uma gata pouco sociável.





penas

24 02 2012

No outro dia uma aluna deu-me uma pena de arara. Grande. Azul brilhante. Eu disse “que linda!” quando a trouxe para casa. Acho que a Micas disse “que deliciosa!” quando a mascou como chiclete. Hoje a dita aluna trouxe-me uma macheia de penas coloridas e a Micas está no paraíso. Literalmente. A gata parece ligada à corrente. Enfim, é todo um novo significado para a palavra pena.