Meias

8 01 2017

O novo ano começou com uma nova experiência. O resultado é positivo.

wp_20170101_14_50_56_pro_medium2

 





Kafka Rejection (Umberto Eco)

7 04 2013

“I’d say buy it. If not, not”

Biblioklept

kafka

View original post





Lisa Gerrard — Sanvean

21 12 2011

Detesto quando isto me acontece: ouvir uma música e não me lembrar de onde a conheço.

Mas soube-me bem ouvir esta melodia hoje, depois das atribuladas reuniões de avaliação, e imaginar que os próximos dias vão ser simples.

Para ouvir Lisa Gerrard, por favor carregue na imagem ou aqui.





A Jaqueline é Pipoca

17 10 2010

A gatinha já tem dona e nome, agora é a Pipoca 🙂

Tão simpática que ela foi todos os dias em que esteve cá em casa! A Paloma até partilhou o almofadão e o strunfinho e tudo!





O 10 é amanhã

9 10 2010

Pois é, é amanhã que vamos plantar a planta (levar um rebento do vaso para a terra é plantar, não é?) Por aqui vai ser esse o ponto alto da nossa “Work Party” porque Santarém vai deixar o dia passar ao lado…
E tu? Sabes o que vai acontecer na tua vizinhaça? Não? Consulta o mapa, e até pode ser que encontres boas surpresas.
Caso contrário, faz como nós,  improvisa! Ainda vais a tempo de criar o teu evento.





Acabaram?

31 08 2010

As férias acabaram.
Acabaram?
Também já estava a ficar com saudades da escola (minto tão mal, não é verdade?).


Foto de Buster Keaton tirada daqui (um site que é um tesouro).





Transgressão

15 11 2009

Não condeno os alunos que faltam às minhas aulas e/ou às dos meus colegas. A sério. É só que eu é que não sou pessoa para o fazer. Nunca fui muito transgressora. Quando era estudante não faltava às aulas. A sério! Para terem uma ideia fui a única aluna da turma que assisti a todas as aulas de Teoria das Fontes (e que ainda por cima gostava das famosíssimas e aborrecidas aulas do Professor Doutor Silva Pereira 😉 ).

Mas…

No 4.º ano faltei à primeira aula do ano para assistir a uma reposição de Pierrot le Fou, de Jean-Luc Godard, que só passava nessa tarde. Onde? Não me recordo, provavelmente na Cinemateca. Talvez por ter sido visto em transgressão, é um filme que me diz muito.